'Macetando', de Ivete Sangalo, já nasceu com coreografia; entenda a receita do hit do carnaval

  • 10/02/2024
(Foto: Reprodução)
Música tem dança fácil de pegar, gíria da moda e Ivete mais próxima do funk e do pagodão. Compositor fala ao g1 sobre fórmula que faz parceria com Ludmilla bombar no carnaval. Ivete Sangalo no Festival de Verão Salvador Jorge Jesus “Macetando”, música de Ivete Sangalo e Ludmilla, não virou hit do Carnaval 2024 por acaso. Ela foi criada por um time que conhece bem a receita para agradar o paladar dos foliões. Além de Ivete, Luciano Chaves e Samir Trindade assinam a composição. Some os currículos de ambos e você encontrará sucessos carnavalescos de Daniela Mercury, Claudia Leitte, Léo Santana, Xanddy, Psirico… 🎉Quer receber notícias do carnaval no seu celular? Clique aqui para se inscrever nosso canal de WhatsApp Com Ivete, a parceria é antiga: entre outros trabalhos, a dupla fez “Cria de Ivete”, sucesso do Carnaval 2023. Samir, que está nos créditos de mais de 30 faixas da cantora, conversou com o g1 para contar os bastidores da bem-sucedida aposta dela para a folia deste ano. Afinal, o que “Macetando” tem? Apostas para o carnaval: 10 músicas que podem se tornar o grande hit da folia em 2024 A gíria da moda “Cria de Ivete” marcou uma mudança sutil de direcionamento na carreira de Ivete Sangalo. A música do projeto ao vivo “Chega Mais” mostrou Ivete melodicamente mais próxima do pagodão baiano e das batidas do funk. Dos dois gêneros, ela também incorporou as construções com o verbo “sentar”, até então fora de seu repertório. “Tem gente que senta pra beber / Aqui ‘nós’ bebe pra sentar”, diz o refrão da música de 2023. A adequação ao dialeto da moda deu certo. “Cria de Ivete” perdeu para “Zona de Perigo”, hit de Léo Santana, mas teve seu sucesso naquele carnaval, acumulando mais de 15 milhões de plays no YouTube. Ludmilla e Ivete Sangalo cantam 'Macetando' em show no Estádio do Maracanã, no Rio Divulgação Em 2024, com “Macetando”, ela usa a mesma estratégia: o refrão repete o verbo, também comum no pop, até grudar na cabeça de quem ouve. “A gente fica sempre atento ao comportamento das pessoas nas ruas e nas redes sociais, para deixar a música com uma cara atual e dialogar com todos os públicos, tanto os que sabem o significado quanto os que ficam curiosos e vão pesquisar o que significa ‘macetar’”, explica Samir, compositor do hit. “‘É uma gíria que transita na internet. Levando ao pé da letra, não tem sentido. Mas, como é gíria, entra a licença poética. Cada um tem a liberdade de achar que 'macetar' significa o que bem quiser.” As palavras que abrem o refrão também foram estrategicamente posicionados. Para bombar no carnaval, explica o compositor, é bom que a música tenha um “momento para a multidão gritar”. É o “Aaaaaah, bebê!”, que antecede “É a Veveta que tá no comando”. “A gente já imaginava que todo mundo ia gritar isso", diz ele. Samir acrescenta outros ingredientes: “Uma melodia de felicidade, solar, e uma dança fácil de fazer, que a gente chama de ‘tiktokiável’”. Dancinha viral “Macetando” foi impulsionada por uma coreografia simples, com apenas cinco movimentos no refrão. A dança foi divulgada por Ivete no Instagram no dia 15 de dezembro, em um vídeo ao lado das influenciadoras Sthefane Matos e Vanessa Lopes. Initial plugin text A partir de então, uma pesada estratégia de marketing resultou em dezenas de celebridades reproduzindo os movimentos para milhões de seguidores. O g1 já mostrou como artistas e gravadoras fazem parcerias pagas com influenciadores para viralizar lançamentos musicais nas redes. Amplamente reproduzida neste carnaval, a coreografia de “Macetando” foi esboçada já no momento da composição. “Bem desengonçadamente, assim, fazíamos uma dança parecida com a que ficou”, conta Samir Trindade. "Não tem como fazer de outro jeito: tem que ser de ladinho, coraçãozinho, manda beijinho para quem tá filmando", ele acrescenta, citando o refrão da música. A versão final da dança foi criada por coreógrafos de Ivete. O compositor da música explica que escrever letras já pensando nas coreografias se tornou um processo comum na era das plataformas de vídeos curtos. Ele cita outros artifícios que também podem ajudar a fazer uma música circular entre diferentes públicos na internet: “Não pode demorar muito para entregar a informação, não pode ser uma letra confusa. A gente também pensa se a música é vulgar ou não, se está pesada... São vários filtros, até chegar numa fórmula que consideramos a ideal.” Sexy sem ser vulgar Com três décadas de uma carreira controlada na rédea curta, Ivete sempre se manteve distante de músicas com claras insinuações sexuais. Mesmo na nova fase, ajustada à linguagem mais insinuante do funk, ela se preocupa em não parecer vulgar. Anitta faz participação no trio de Ivete Sangalo na abertura do carnaval de Salvador ivia Neves / Ag. Picnews Samir reconhece que esse foi um fator importante na hora de criar “Macetando”. Apesar do termo dar margem para uma interpretação sexual, a letra está mais interessada em exaltar o poder feminino. “Não que Ivete não se permita a determinadas coisas, mas ela tem a cara na TV, está inserida em projetos sociais, tem toda uma construção que precisa dialogar com essa imagem cravada no mercado. Não pode destoar.” Destoando ou não, o fato é que, se nada extraordinário acontecer aos 45 do segundo tempo, "Macetando" deve se sagrar grande sucesso do Carnaval 2024. Em bloquinhos e blocões, só dá ela. Nesta quinta-feira (8), Ivete abriu a festa de Salvador cantando a música ao lado de Anitta, enquanto, embaixo do trio, milhares de foliões mandavam beijinho para quem estava filmando.

FONTE: https://g1.globo.com/carnaval/2024/noticia/2024/02/10/macetando-de-ivete-sangalo-ja-nasceu-com-coreografia-entenda-a-receita-do-hit-do-carnaval.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes